<body bgcolor=#283034 text=#cccccc link=#cc6666 vlink=#996666 alink=#333333 marginwidth=0 marginheight=0 leftmargin=0 topmargin=0><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4107937\x26blogName\x3dCABALLO+NEGRO\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://caballonegro.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3des_MX\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://caballonegro.blogspot.com/\x26vt\x3d-6885621735386824362', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

jueves, abril 08, 2004


Music by: The White Stripes [Seven nation army]

<meta name="keywords" content="photo+of+the+day, photo+a+day, digital+photograhy, photo, foto, digital+camera, camera, photo+blogger, blogger, photo+a+day+blogger, photo+blog, foto+blog, foto+blogger, digital+photographs, digital+photos, family+photos, fotolog, fotologgers, photolog, photoblog, photobloggies, photobloggers,Photo: Ludmilla & Eu(Rap da Felicidade) - Essa é `A MÚSICA` e das antigas...Eu só quero é ser felizAndar tranquilamente na favela onde eu nasciE poder me orgulharE ter a consciencia que o pobre tem seu lugarMinha cara autoridade eu já não sei o que fazerCom tanta violência eu sinto medo de viverPois moro na favela e sou muito desrespeitadoA tristeza e a alegria se caminham lado a ladoEu faço uma oração para uma santa protetoraMas sou interrompido a tiros de metralhadoraEnquantos os ricos moram numa casa grande e belaO pobre é humilhado esculachado na favelaJá não aguento mais essa onda de violênciaSó peço a autoridade um pouco mais de competênciaDiversão hoje em dia não podemos nem pensarPois até lá nos bailes eles vem nos humilharFica lá na praça que era tudo tão normalAgora virou moda violência no localPessoas inocentes que não tem nada a verEstão perdendo hoje o se direito de viverNunca vi cartão postal que se destaca uma favelaSó vejo paisagem muito linda e muito belaQuem vai pro exterior da favela sente saudadeO gringo vem aqui e não conhece a realidadeVai pra Zona Sul pra conhecer água-de-côcoE o pobre na favela vive passando sufocoTrocar a presidência uma nova esperançaSofri na tempestade agora eu quero abonânçaO povo tem a força só precisa descobrirSe eles lá não fazem faremos todos aqui"><

cn

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


[Powered by Blogger]